Unit

Governo divulga calendário de matrículas para escolas estaduais

Inscrições devem ser feitas pelo site do Sigeduc Inscrições devem ser feitas pelo site do Sigeduc Os estudantes com deficiência já podem solicitar a sua matrícula na rede estadual para o ano letivo 2014. As inscrições devem ser feitas até o próximo dia 15, através do site www.sigeduc.rn.gov.br.
Logo após, entre os dias 18 de novembro e 22 de dezembro, estará aberto o período de solicitação de matrículas para os demais interessados em ingressar nas escolas estaduais. Os alunos que pretendem permanecer nas unidades em que estudam também devem solicitar a renovação automática nesse período. Este ano, na capital e no interior, todas as matrículas da rede estadual serão realizadas exclusivamente pela internet.
"A partir de agora, os pais e alunos do interior vão viver uma experiência que o público de Natal já conhece. Costumo dizer que o SIGEduc chegou para causar um grande impacto na cultura de gestão da secretaria e, principalmente, das escolas.
Estamos saindo da era do papel e da caneta para a era digital. Somos pioneiros na área da Educação Básica, tanto que o Ministério da Educação está apostando nessa ideia para levar o sistema que implantamos aqui aos outros estados do país", ressaltou a secretária estadual da Educação, professora Betânia Ramalho.
No dia 30 de dezembro próximo, o Governo do Estado divulgará o resultado da matrícula com o nome dos alunos e das escolas para as quais eles foram matriculados. A partir daí, entre os dias 2 e 17 de janeiro de 2014, os interessados devem procurar as escolas para efetivarem a matrícula munidos de Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência, histórico escolar, documento de identificação do responsável, foto 3 x 4 e comprovante de solicitação de matrícula emitido pelo SIGEduc. As aulas estão previstas para iniciar no dia 22 de janeiro.

Reserva de vaga exigirá número de CPF

Outra novidade para este ano é a obrigatoriedade do CPF na hora da solicitação da matrícula. Com o objetivo de facilitar o acesso do estudante ao documento, a Secretaria de Estado da Educação montou uma força-tarefa com a Secretaria de Justiça e Cidadania para oferecer aos interessados pontos de cadastramento em todo o Estado, além das Centrais do Cidadão.
"No interior, técnicos do Governo estão percorrendo as escolas cadastrando os estudantes que ainda não possuem CPF. Em Natal, esse trabalho foi iniciado na última sexta-feira, 1º", informou a coordenadora do SIGEduc, Jaqueline Cordeiro.
Segundo Jaqueline, o trabalho de cadastramento na capital está sendo feito por polos. Na última sexta (1º), os alunos das escolas Walter Duarte, Rômulo Wanderley, Potyguassu, Josino Macêdo e Ana Júlia puderam retirar seu CPF no polo instalado na Escola Estadual Peregrino Júnior.
Ontem, a equipe da secretaria esteve no Colégio Atheneu e recebeu durante todo o dia alunos das escolas estaduais Anísio Teixeira, Augusto Severo, Felipe Guerra, Alberto Torres, Cenep, Paço da Pátria, Ary Parreiras e Padre Monte.
Nesta terça-feira (5), os estudantes das escolas Josefa Sampaio, Olda Marinho, Isabel Gondim, Pedro Mendes, Monsenhor Walfredo Pegado, Dinarte Mariz, Selva Capistrano, Severino Bezerra de Melo deverão se cadastrar e retirar o seu CPF na Escola Estadual Café Filho. Amanhã, será a vez dos alunos das escolas Jerônimo Gueiros, Tiradentes, Newton Braga, Mascarenhas Homem, Manoel Dantas e Santos Rocha se cadastrarem na Escola Estadual Sebastião Fernandes.
O cadastramento por polo será concluído na quinta-feira (7), quando o Instituto Padre Miguelinho servirá de polo para os estudantes das escolas Ulisses de Góes, Winston Churchill, João Tibúrcio, Calazans Pinheiro, Felizardo Moura, Casa do Menor Trabalhador e Stela Gonçalves. Para retirar o CPF, os alunos devem levar Certidão de Nascimento e Comprovante de Residência. Aqueles que perderem o prazo de cadastramento nos polos poderão retirar o CPF nas Centrais do Cidadão.

Para comentar diretamente no site do jornal é preciso estar Registrado.

Você está aqui: HomeCotidiano Governo divulga calendário de matrículas para escolas estaduais