Polícia


Pró-reitora da Uern atingida por bala perdida

Veículo atingido com tiro e 12Veículo atingido com tiro e 12A pró-reitora de Extenção e Graduação de Ensino da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), Inessa Linhares, e o esposo Adauto Vasconcelos foram feridos por estilhaços de bala durante um tiroteio entre gangues rivais, no domingo (28) à noite, no Alto de São Manoel. O casal seguia pela avenida Presidente Dutra, quando houve um tiroteio.
De acordo com Inessa Linhares, por volta das 18h ela e o esposo se dirigiam a uma reunião quando tiveram seu veículo atingido por um tiro de escopeta calibre 12. Os estilhaços do tiro acertaram o rosto da pró-reitora e a cabeça do marido. "Foram momentos de pânico. Quando percebemos estávamos no meio de um confronto entre facções rivais, porém, mesmo os estilhaços tendo atingido a gente, saímos bem, graças a Deus", disse.
A Polícia Militar informou que o tiroteio que culminou com o ferimento das vítimas era entre gangues da favela Pirrichil e do bairro Papoco, que disputam território nas imediações do Alto de São Manoel.

Você está aqui: Home Polícia